Aléxia Nascimento é pentacampeã e MS fecha o Brasileiro Sênior de Judô em quarto lugar

Categoria: Campeonatos | Publicado: segunda-feira, junho 13, 2022 as 15:19 | Voltar

Campo Grande (MS) – A sul-mato-grossense Aléxia Vitória Nascimento sagrou-se pentacampeã brasileira de judô no último fim de semana (dias 11 e 12), em Porto Velho (RO). Na capital rondoniense, Mato Grosso do Sul fechou o Campeonato Brasileiro Sênior na quarta colocação geral, com três medalhas (um ouro, uma prata e um bronze). A delegação estadual contou com apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Com apenas 19 anos, Aléxia derrotou na final Amanda Lima, do Minas Tênis Clube. A judoca de 23 anos é a atual líder do ranking nacional sênior na categoria ligeiro (até 48 quilogramas) e atleta da seleção brasileira principal. “Esse título foi muito importante para a minha carreira, porque já me possibilita de estar na fase final da Seletiva Olímpica”, destaca Aléxia, beneficiária do Bolsa Atleta, programa do Governo do Estado, coordenado pela Fundesporte.

Após vencer a última luta, Aléxia correu para os braços do pai e técnico Alessandro Nascimento

“Também estou bem feliz pelo meu desempenho na competição, que foi muito difícil, em que derrotei a número um do ranking. Agradeço a todos pela torcida. O ouro é nosso”, completa a judoca da Associação Atlética Judô Futuro, de Campo Grande.

A prata sul-mato-grossense foi conquistada por Camila Gebara, do Clube Sakurá de Judô (Dourados), na pesado (acima de 78 kg), mesma categoria em que Karla Oliveira, do Judô Clube Rocha/Rádio Clube (Campo Grande), foi bronze.

A seleção de Mato Grosso do Sul ainda terminou com três atletas na quinta posição, pontuando no ranking nacional: Milena Demarco (Judô Moura/Estoril, de Campo Grande), na categoria leve (até 57 kg); Maria Sabbo (Judô Rocha/Rádio Clube) na meio-médio (até 63 kg) e Nathália Arruda (Judô Futuro), na médio (até 70 kg).

Com as três medalhas faturadas, Mato Grosso do Sul terminou na quarta colocação geral. São Paulo foi o campeão, com 14 medalhas (quatro ouros, três pratas e sete bronzes). Minas Gerais ficou em segundo, chegando a oito medalhas (três ouros, quatro pratas e um bronze) e Rio de Janeiro em terceiro, com nove (três ouros, duas pratas e quatro bronzes). Vale destacar que o sistema adotado na competição foi o olímpico, em que o peso/cor das medalhas determina a colocação e não a quantidade total.

Sob comando técnico de Alessandro Nascimento e Diogo Rocha, a delegação sul-mato-grossense foi a Porto Velho (RO) com 15 atletas no total. A competição, organizada pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), recebeu 275 judocas (153 homens e 122 mulheres).

Lucas Castro – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Foto de destaque: Divulgação
Fotos internas: Lara Monsores/CBJ

Publicado por: Lucas Castro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.