Estadual de Manoplas de boxe mobilizou atletas e academias de MS; Associação Gibi Esportes ficou com o título

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, setembro 2, 2021 as 15:37 | Voltar

Campo Grande (MS) - Com apoio do Governo do Estado, via Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), a Federação Estadual de Boxe (FBDMS) realizou a segunda edição do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Manoplas, no último fim de semana. A competição, valendo até 100 pontos no ranking estadual, reuniu aproximadamente 40 competidores de cinco municípios de Mato Grosso do Sul e de uma equipe convidada de São Paulo.

As disputas ocorreram por meio apresentações em plataforma on-line, com transmissão ao vivo no canal oficial da FDBMS no YouTube. Segundo o regulamento, os atletas tiveram de executar movimentos específicos do boxe e foram avaliados quanto à velocidade, habilidade, agilidade, variação de golpes (jab, direto, upper, cruzado, gancho e swing) e condicionamento físico.

A Associação Gibi Educação e Esportes, de Taboão da Serra (SP), ficou com o título. “Foi uma conquista que nos orgulha em uma competição muito bem organizada”, destacou o técnico da agremiação, Mateus Vinicius, ex-atleta da seleção brasileira e um dos maiores formadores de talentos do esporte nacional.

Quem também comemorou o troféu de campeão foi Valdeir Célio, da equipe Ceintre/Vila Popular, de Campo Grande.  Aos 23 anos, o militar do exército é um dos principais atletas do estado, integrante da Seleção da Elite de MS na categoria meio-médio (69 kg). Já na disputa individual feminina, a grande campeã foi Raniela Costa (Associação Gibi Esportes).  Ela tem 17 anos, pratica boxe há dois anos e se prepara visando o Brasileiro Juvenil de Boxe, que será realizado em novembro.

Para garantir o troféu, a Gibi Esportes e Educação somou 195 pontos e garantiu uma medalha de ouro, uma de prata e um bronze. “É uma competição que serve de modelo para o Brasil. Iniciativas como essa deveriam ser mais vezes realizadas”, disse Gibi. A vice-campeã foi a equipe Ceintre/Vila Popular, que faturou um ouro, uma prata e um bronze, somando 185 pontos.

Campeã no ano passado, a Associação Moreninhas/CT Pantaneiro ficou em terceiro lugar na disputa por equipe, com uma condecoração de bronze. Este foi o primeiro evento oficial da FDBMS sob o comando da nova presidenta, Edna Nina Costa. Segundo ela, o Estadual de Manoplas será aberto para competidores do Brasil, pois " ainiciativa significa a valorização da essência da modalidade, e nossa proposta para o próximo ano é fazer o Open Brasil de Manoplas”.

Confira abaixo como ficou a classificação final:

1º: Associação Gibi Esporte e Educação (SP)

2º: Ceintre/Vila Popular (MS)

3°: Moreninhas/CT Pantaneiro (MS)

Masculino

1º: Valdeir Célio (Nilson Ferreira/Vila Popular)

2º: Deywson Iam (Gibi equipe 2)

3°: Paulo Ricardo (Gibi equipe 2)

4°: Muriel Nunes (CT Pantaneiro)

5°:  Wendel (Gibi equipe 2)

6º: Erick Pereira (Ceintre/Vila Popular)

Feminino

1º: Raniela Costa (Gibi equipe 1)

2º: Beatriz Mariano (Nilson Ferreira/Vila Popular)

3°: Ana Clara Santos (Gibi equipe 1) e Victoria da Silva (Nilson Ferreira/Vila Popular)

Publicado por: Lucas Castro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.