Governo do Estado destina R$ 1,2 milhão para fortalecer e expandir o laço comprido em Mato Grosso do Sul

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, dezembro 15, 2021 as 17:51 | Voltar

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado destinou mais de R$ 1,2 milhão à Federação de Clubes de Laço Comprido de Mato Grosso do Sul, para fortalecer e expandir a prática da modalidade no estado. O benefício foi concedido por meio de assinatura de termo de fomento, realizada nesta quarta-feira (15) no auditório da Governadoria, em Campo Grande.

Proveniente do Fundo de Investimentos Esportivos (FIE-MS), o recurso será utilizado nos eventos realizados pela entidade no estado, com aplicação na estrutura para as competições (tendas, palcos, arquibancadas, grades de contenção, sonorização e etc.) e aquisição de premiação (troféus, medalhas e fivelas condecorativas). O convênio tem validade de 11 meses, a contar de janeiro de 2022, com fiscalização da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

O repasse vai beneficiar os 33 clubes federados em Mato Grosso do Sul. Para o ano que vem, estão previstas mais de 30 competições em 26 municípios. O governador Reinaldo Azambuja enfatizou a movimentação econômica estimulada pelos eventos de laço. “Nas cidades em que são realizadas as competições e as festas, os hotéis ficam lotados, os restaurantes, estimula o turismo, além de reunir muitas famílias de laçadores”.

Movimentação econômica foi salientada pelo governador

De acordo com a Federação de Clubes de Laço Comprido, em média três festas são realizadas por mês, com participação de aproximadamente mil laçadores cada. Os eventos são responsáveis pela geração de centenas de empregos diretos e indiretos, referentes à equinocultura, construção civil, limpeza e manejo de animais, serviços autônomos, entre outros setores.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o laço é uma tradição sul-mato-grossense. “O laço é parte de Mato Grosso do Sul, uma tradição, está nas raízes. Com esse convênio vamos institucionalizar a modalidade, dando caráter formal e formando um roteiro ao calendário estadual. Hoje é um dia símbolo para o laço comprido e também para o nosso estado”.

Miranda destacou fortalecimento do laço em MS

O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, lembrou que o laço comprido integra o maior “pacotão” de investimentos lançado pelo Governo do Estado recentemente, o MS +Esporte”. "O pacote atende o esporte sul-mato-grossense em todas as dimensões e modalidades, e o laço comprido não poderia ficar de fora. É um esporte que tem a cara de Mato Grosso do Sul, faz parte da cultura regional e é capaz de estimular vários setores econômicos através de seus eventos”.

Para o presidente da Federação de Clubes de Laço, Pompílio Cabral Júnior, a modalidade reúne gerações. “Pouquíssimos esportes dão a condição de ter a família inteira reunida, do neto ao avo, esposas, irmãos, tios, primos, todos participando juntos. Nos eventos, é comum ver também várias famílias, de diversos municípios, interagindo e confraternizando”.

O Governo do Estado é parceiro da entidade e já investiu R$ 480 mil na construção de vestiários, galpões e barracões do Parque do Laçador, na Capital. O espaço foi concluído em 2018. A entidade que administra a modalidade em Mato Grosso do Sul ainda foi beneficiada com a doação da área onde está o Parque e recursos para a construção de uma pista de laço (150 m x 40 m) e arquibancadas.

O governador Reinaldo Azambuja já confirmou também que fará a obra de cobertura da pista do Parque, como mais um incentivo ao esporte. A Federação só deve enviar o projeto à Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Termo de fomento libera R$ 1,2 milhão à Federação

Participaram também da solenidade, nesta quarta-feira (15), o secretário de Estado e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha; o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur), Bruno Wendling; os deputados estaduais Paulo Corrêa, Herculano Borges, Paulo Duarte, Marcio Fernandes, Mara Caseiro, Zé Teixeira e Renato Câmara, além de representantes de todos os clubes de laço do estado.

Lucas Castro – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Fotos: Chico Ribeiro/Governo MS

Publicado por: Lucas Castro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.