Governo do Estado organiza consulta pública para ampliar ações de esporte aos povos indígenas

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, fevereiro 21, 2022 as 10:54 | Voltar

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic) e Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena, realiza nesta terça-feira (22), às 7h30, consulta pública com líderes de aldeias indígenas sul-mato-grossenses.

A finalidade é discutir estratégias para a ampliação de atividades esportivas e de lazer às comunidades tradicionais e a implantação do programa “Povos Indígenas: Esporte e Cidadania”. O evento acontecerá no Museu das Culturas Dom Bosco, localizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, respeitando todas as medidas de biossegurança impostas pelo novo coronavírus (Covid-19).

“Essa é uma ação muito importante do Governo do Estado na área da cidadania e do esporte, que é ouvir os povos indígenas para que a gente possa ampliar o acesso à prática desportiva em Mato Grosso do Sul. Essa foi uma das grandes metas estabelecidas pelo governador Reinaldo Azambuja para o esporte, e a gente sabe da necessidade de atender principalmente as regiões de vulnerabilidade social”, enfatiza o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

O titular da Secic, João César Mattogrosso, afirma que a consulta pública é instrumento de fortalecimento da identidade das culturas tradicionais, estimulando valores originais e intercâmbio entre as etnias para a promoção da cidadania indígena. “A proposta da consulta pública é que esse projeto seja construído envolvendo todos os representantes das aldeias indígenas. Não queremos um projeto construído em gabinete, mas sim ouvindo, consultando a comunidade. Mais do que a prática esportiva, os jogos marcam a celebração de culturas e a valorização dos povos indígenas”.

O programa articulado entre os órgãos tem como objetivo trabalhar a prática do esporte dentro dos territórios indígenas de forma organizada e sistematizada, de modo a atender um grande público. “Nós sabemos que o esporte ele agrega, ele atrai, ele chama a atenção, ele leva a família sendo assim uma atividade extremamente importante dentro dos territórios indígenas. E com esse projeto queremos fazer a inclusão social através do esporte, queremos mudar vidas, buscando formação de valores, promovendo a cidadania e com isso as lideranças, explica o subsecretário de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena, Fernando Souza.

Lucas Castro, da Fundesporte e Jaqueline Hahn Tente, da Secic

Foto de destaque: Chico Ribeiro/Governo MS

Publicado por: Lucas Castro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.