In-Forma-AÇÃO: A velhice e o esporte – Reflexos de um tempo ao longo da vida

Categoria: Série In-Forma-AÇÃO | Publicado: quinta-feira, junho 3, 2021 as 14:00 | Voltar
A velhice e o esporte: reflexos de um tempo ao longo da vida

 

Por Fabiane Macedo*

No mês de junho, os textos da série In-forma-ação da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) têm o foco de abordar os benefícios das atividades físicas para a saúde e qualidade de vida dos idosos. O primeiro texto objetiva discorrer sobre os aspectos dos esportes enquanto fenômenos favorecedores para o envelhecimento ativo.

As políticas públicas no Brasil necessitam traduzir o quadro circular que indicam o aumento da população idosa e a abrangência da inserção desta população em práticas esportivas que favoreçam a adoção de estilo de vida mais saudáveis. A maior longevidade da população alinhada à prática esportiva favorece o fortalecimento dos aspectos físicos do controle motor, tais como os aspectos anatômico e fisiológico da mobilidade, e permite uma ampliação de possibilidades para a manutenção do desenvolvimento psíquico e social na velhice.

A prática esportiva na velhice favorece a qualidade de vida, saúde física e mental, as relações interpessoais, a autoestima, a autonomia, a tomada de decisões dentre outros fatores que se destacam nas interações estabelecidas entre os idosos e os aspectos ambientais onde estão inseridos. O estilo de vida ativo, por meio da prática de esporte, salienta positivamente as alterações progressivas advindas da idade.

Sabe-se que o corpo ao envelhecer não possui o mesmo desempenho, e com ele muda-se as relações que o ser humano vai estabelecendo com as atividades diárias. A satisfação, o bem-estar e o bem-viver na velhice estão recíprocos às menores perdas funcionais, à manutenção e/ou ganho da aptidão física, à avaliação positiva da autoimagem, autovalorização nas realizações das tarefas diárias e as condições afetivas, sociais, psicológicas e físicas de práticas motoras.

Ao pensar sobre a velhice e o esporte, a problematização da importância da prática da atividade física ao longo da vida é levantada. A velhice é o espelho das práticas realizadas ao longo da vida e o estilo de vida saudável pode favorecer a percepção, a consciência e as decisões realizadas do ultimo ciclo da vida humana.

O comportamento ativo na velhice pode estar sendo relacionado a uma estratégia e um recurso para a saúde e até para a felicidade dos idosos. As respostas das relações entre os idosos e a prática do esporte são inúmeras e podem estar vinculadas a diferentes dimensões do comportamento.

As diferentes possibilidades das relações entre o esporte e a velhice estão refletidas nas questões objetivas e subjetivas da vida do idoso. Para tanto, necessitam ser discutidas e compreendidas, articuladas aos aspectos da atualidade que vinculam exercício físico, qualidade de vida, estilo de vida saudável, prevenção de doenças, promoção de saúde, tratamento de enfermidades e atividades de esporte e lazer aliados ao envelhecimento da população.

Neste sentido, os textos do mês de junho trarão considerações entre variáveis que envolvem a velhice e as atividades de esporte e lazer, entendendo que reflexões podem auxiliar o pensar sobre o crescimento dos idosos sul-mato-grossenses. Considera-se a ampliação das discussões sobre a velhice e o esporte oportuniza uma caminhada de equidade entre as políticas públicas e a crescente significativa da procura em obter um envelhecimento saudável.

 

______

* Fabiane de Oliveira Macedo é graduada em Educação Física e especialista em Motricidade Humana pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS); mestre em Ciência do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e doutora em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Atualmente, é assessora especial da presidência da Fundesporte. 

Publicado por: Lucas Castro

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.