Jojums Coxim 2017 – Vicentina e Pedro Gomes jogam pelo ouro masculino de futsal

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, setembro 5, 2017 as 22:18 | Voltar

Coxim (MS) – Uma final que poucos imaginariam, antes da bola começar a rolar nos Jogos da Juventude de Mato Grosso do Sul (Jojums). Vicentina e Pedro Gomes, times de municípios pequenos mostraram-se gigantes e são as melhores das 44 equipes que entraram em quadra para tentar o título. As duas asseguraram lugar na final, na manhã desta terça-feira, no ginásio Fernando Fontoura, em Coxim.

Vicentina enfrentou Itaporã. A equipe adversária era apontada como uma das mais fortes da competição e o duelo, um dos mais esperados dos Jojums. Os jogadores não decepcionaram e fizeram a alegria da torcida com lances bonitos e técnica apurada.

Os meninos de Vicentina mostraram refinamento no toque de bola e com saídas rápidas em contra-ataques, após desarmes precisos, balançaram a rede adversária três vezes. Victor Emanuel abriu o marcador. Fabrício ampliou e Ernandes fez o terceiro. Itaporã ainda diminuiu, mas Vicentina não deixou a vaga escapar. Fim de jogo: Vicentina 3x1 Itaporã.

“Foi difícil porque tinha um jogador muito bom no time deles. Amanhã vai ser difícil de novo, mas o objetivo é vencer, ir para cima deles”, disse Fabrício. Com lágrimas nos olhos, o técnico da equipe elogiou a dedicação do time e a força da cidade. “Estou muito emocionado. A gente saiu daquela cidade pequenina com cinco mil habitantes para chegar à final dos Jojums. Só tenho a agradecer a Deus”, disse Antonio Bezerra.

Pedro Gomes

O outro finalista dos jogos também teve páreo duro. Pedro Gomes e Corumbá fizeram uma partida de encher os olhos. Corumbá começou melhor e abriu 2x0, em sete minutos de jogo. Concentrada, a equipe de Pedro Gomes não se abateu e buscou o empate ainda no primeiro tempo. Pedro Lucas diminuiu e Petterson igualou o marcador, aos 17 minutos.

O segundo tempo foi ainda mais equilibrado. Pedro Gomes afinou a marcação e dificultou a armação das jogadas do time da fronteira com a Bolívia. Aos cinco minutos veio a virada, com mais um gol de Petterson. Depois, o time administrou o jogo, fez o relógio correr, tocou a bola e ficou com a vaga.

“Foi muita superação, muita garra. Nossa pequena cidade está de parabéns. Vamos manter a humildade e a confiança. Amanhã, se Deus quiser, vamos alcançar nosso objetivo que é esse título inédito”, disse o técnico Regis Ricardo dos Reis. “É sensacional chegar à final com essa equipe maravilhosa. Todo mundo achava que a gente era o mais fraco, mas a gente conquistou a vitória e vai ser campeão, se Deus quiser”, completou Pedro Lucas.

A final masculina de futsal é a segunda partida da manhã desta quarta-feira, logo após a decisão feminina entre Campo Grande e Dourados e antes da briga pelo título masculino de handebol entre Dourados e Jardim.

 

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.