Em Salvador, Marcelo Miranda participa do Fórum Nacional dos Secretários de Esportes

Categoria: Encontros, Jogos Universitários | Publicado: quinta-feira, outubro 24, 2019 as 05:00 | Voltar

Salvador (BA) - O diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul, Marcelo Ferreira Miranda, participou na terça-feira (22), do 2º Fórum Nacional de Secretários Estaduais de Esportes, em Salvador-BA. A reunião teve participação de representantes de unidades federativas e do secretário-adjunto da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marco Aurélio Araújo. No encontro, foram discutidas políticas públicas e ações conjuntas para as práticas esportivas no país.

Miranda é secretário executivo na mesa diretora do Fórum e, durante seu discurso, salientou as dificuldades financeiras enfrentadas atualmente pelos estados na administração do esporte. O diretor-presidente da Fundesporte também mostrou preocupação em relação à proposta de orçamento para 2020 do governo federal, que prevê redução de investimentos para o segmento esportivo.

“Esse corte que está previsto é muito drástico. Inclusive, acredito que comprometerá a Bolsa-Atleta, que é um dos instrumentos fundamentais à promoção do nosso esporte. Faço aqui críticas construtivas, como forma de colocar o Fórum de ‘mãos dadas’ com o Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Especial do Esporte, no sentido de reverter esta situação que realmente é preocupante”, afirmou.

Miranda frisou a socialização de experiências entre secretários.

O secretário executivo do Fórum acredita que, com a reformulação da gestão do esporte promovida pelo governo federal, é o momento para rever as políticas públicas da pasta. Para Miranda, é essencial reestruturar o método de distribuição de recursos aos estados, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. “O Centro-Oeste, assim como o Nordeste, tem uma participação muito pequena na Lei de Incentivo. Isso é fruto de uma distorção, que não era prevista quando a Lei foi criada. Os estados mais industrializados, onde estão as grandes empresas, certamente terão mais capacidade em captação de recursos. A gente precisa criar uma forma de igualizar essa distribuição”.

Outro ponto apresentado por Miranda refere-se à ausência de lançamento de editais pelo governo federal. “Mato Grosso do Sul sofreu, como vários estados. Estou na Fundesporte desde 2015, tentamos vários editais, os poucos que saíram, e não obtivemos sucesso. No momento, não há previsão de edital. Acho que é um momento muito importante, uma reconstrução do esporte, com esse novo olhar da Secretaria Especial do Esporte. Deve haver uma preocupação no sentido de ter uma previsão concreta de lançamento de editais, além da democratização e manutenção de programas que fomentam as práticas esportivas”.

Secretário executivo do Fórum demonstrou preocupação com redução de verba ao esporte.

Assim como a maioria dos secretários na reunião, o gestor sul-mato-grossense apresentou ações que podem ser adotadas para sensibilizar parlamentares e o Poder Executivo para que o orçamento de 2020 não apresente contenção de verba ao segmento esportivo. “Nós secretários, na reunião passada, colocamos o Fórum à disposição para fazer uma pressão junto aos deputados, senadores e à Comissão de Orçamento, como forma de posicioná-lo a fim de conseguir recursos significativos ao esporte no ano que vem”.

O evento na capital baiana ocorreu concomitantemente à Fase Final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). A reunião entre gestores estaduais concedeu espaço para pronunciamento do presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE) e do vice-presidente da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU). A terceira edição do Fórum será sediada em São Paulo-SP, em 9 de dezembro.

Lucas Castro - Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Fotos: Lucas Castro/Fundesporte

Publicado por: ppaiva@fundesporte.ms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.